Projetos financiados pelo Fundo EEA Grants

Políticas > Promoção e Cidadania Ambiental > Apoio projetos sociedade civil > Projetos financiados pelo Fundo EEA Grants

logo EEA GrantsEm 2006 a APA foi selecionada pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu (EEE – Noruega, Islândia, Liechtenstein) como entidade intermediária de Gestão do "Fundo ONG (Organizações Não Governamentais) – Componente Ambiente", em Portugal, competindo-lhe conduzir e monitorizar todas as atividades relacionadas com a implementação deste Fundo, respeitante ao período 2004-2009, que se traduziu no financiamento dos 16 Projetos selecionados num montante total de cerca de um milhão de Euros.

O Fundo destinou-se a apoiar financeiramente Projetos de ONG nas áreas da proteção ambiental e do desenvolvimento sustentável, promovendo ações que visavam aprofundar o conhecimento nestes domínios, por parte da sociedade civil, conduzindo assim ao incremento da sua participação ativa nos processos de tomada de decisão.

Os Projetos financiados focaram os seguintes sectores prioritários:

  • Proteção do ambiente, incluindo o ambiente humano, através, entre outros, da redução da poluição e da promoção das energias renováveis;
  • Promoção do desenvolvimento sustentável através do uso e gestão eficientes dos recursos.

As prioridades definidas para as ações e demais informações constavam do Regulamento do Projeto, oportunamente publicitado no site da APA.

As entidades que puderam submeter projetos foram:

  • Organizações não Governamentais de Ambiente e equiparadas, devidamente registadas no Registo Nacional de ONGA e Equiparadas, organizado e mantido pela APA;
  • Associações de Proteção do Ambiente;
  • Fundações e Parceiros Sociais;
  • Federações de Organizações não Governamentais;
  • Outras associações que desenvolvessem atividades no domínio do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável.

Os projetos em questão foram implementados entre 2009 e 2010 (ver brochura), período em que decorreu o financiamento dos mesmos, encontrando-se aqui a sua avaliação global.

Decorreram dois seminários, de apresentação deste Fundo e de avaliação final dos Projetos financiados, a 3 de Junho de 2008 e 3 de Dezembro de 2010 respetivamente. As comunicações podem ser consultadas no site da APA.

 

PROJETOS FINANCIADOS:

 

Benfica CiclávelBenfica Ciclável

Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta desenvolve o Projecto "Benfica Ciclável“ que pretende criar em Benfica um sistema de "bicicletas partilhadas" que sirva toda a população estudantil do bairro, estimada em mais de vinte mil pessoas.

 

CEAIBiodiversidade em Arquivo

O Projecto Biodiversidade em Arquivo, do CEAI – Centro de Estudos da Avifauna Ibérica, visa recolher, identificar, catalogar e disponibilizar ao público material biológico da fauna e flora da região do Alentejo. O principal objectivo é fomentar o conhecimento científico sobre a biodiversidade, com o intuito de sensibilizar para a sua conservação. O material estará exposto no espaço público da Estação Biológica do Garducho, situado no Concelho de Mourão.


 

Corredores de ÁguaCursos de água - Corredores de Vida e Tradição

O objectivo do Projecto Cursos de água - Corredores de Vida e Tradição, da Associação Salta Fronteiras,  é a valorização dos rios e da floresta ripícola como património de cada pessoa e de valor incalculável para o aumento da biodiversidade. Para isso pretende sensibilizar e mobilizar a população que vive junto a cursos de água no Concelho de Felgueiras para a importância dos rios como corredores ecológicos. É ainda objectivo deste projecto reflorestar as áreas ribeirinhas com flora autóctone e diminuir a poluição dos rios.

 

EC3EC3

O Projecto EC3, iniciativa do Centro de Estudos e Desenvolvimento do Instituto Politécnico de Beja - Vasco da Gama, em parceria com a Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo e Tterra, Lda, consiste na criação de um Eco-Centro de Compostagem Caseira na antiga escola primária dos Gasparões. Pretende-se que este Eco-Centro permita reunir num só local as condições para que se realizem diversas actividades pedagógicas associadas à temática da compostagem caseira, além de, entre outros objectivos globais, reduzir o volume de resíduos orgânicos depositados em aterro sanitário e promover a consciência ambiental relativamente à recolha selectiva de resíduos orgânicos e da sua valorização orgânica.

 

EcobrigadasEcobrigadas

Ecobrigadas é um projecto na área da eficiência energética desenvolvido pela Quercus. Tem como principal objectivo sensibilizar os cidadãos e consumidores para a redução do consumo de energia em casa e nas suas actividades quotidianas. A equipa Ecobrigadas vai percorrer 18 cidades de Portugal Continental, uma por distrito. O roteiro integra 18 workshops, visitas a cerca de 220 agregados familiares e sessões em 18 escolas do 2º e 3º ciclos.

 

EcocidadaniaEcocidadania

O projecto ECOCIDADANIA - cidadania ecológica, da SOLIDÁRIOS - Fundação para o Desenvolvimento Cooperativo e Comunitário, propõe-se responder ao problema focal "Baixo nível de cidadania ecológica evidenciado nos comportamentos e modos de produção", realizando acções de pesquisa, demonstração, formação e sensibilização em quatro áreas fundamentais, desenvolvendo acções para unidades agrícolas, famílias e espaços públicos da responsabilidade de autarquias:

  • Promoção da biodiversidade, modos de vida e produção sustentáveis;
  • Optimização do consumo e gestão da água;
  • Compostagem de resíduos orgânicos;
  • Alternativas ecoeficientes de utilização/geração de energia e tratamento de efluentes.

 

EcosLocaisECOs-Locais

O Projecto ECOs–Locais – Pensar Ambiente, Mudar Localmente, é um projecto de âmbito nacional, de actuação local em todo o território continental e regiões autónomas. Tem como objectivo promover a cidadania ambiental, incentivando uma participação mais activa e informada na sociedade, procurando contribuir para formar jovens mais sensibilizados, participativos e pró-activos na prevenção e resolução de situações problemáticas para o ambiente. É um projecto da Liga para a Protecção da Natureza – LPN, em parceria com o CNE - Corpo Nacional de Escutas e do SEPNA - Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente da GNR.


Estações da BiodiversidadeEstações Biodiversidade Natura 2000

O Projecto Estações Biodiversidade Natura 2000 visa a selecção de 10  estações biodiversidade Natura 2000 em sítios de interesse comunitário em zonas no interior do País não incluídas na Rede Nacional de Áreas Protegidas. Identificadas pelo Centro de Conservação das Borboletas de Pprtugal, as Estações são percursos públicos com cerca de 1 km, em que a informação sobre as riquezas biológicas locais estão devidamente sinalizadas através de placares. Prevê-se a realização de acções de educação ambiental com escolas e a edição de um Guia de Campo.

 

Flora de SicóFlora de Sicó

Decorrendo da dinâmica que a Terras de Sicó – Associação de Desenvolvimento tem vindo a promover no território de intervenção em torno da conservação dos respectivos valores naturais e sua valorização em articulação com as actividades tradicionais, surge o Projecto Flora de Sicó. Este Projecto visa assegurar a concepção, estruturação, produção e dinamização de um conjunto de conteúdos, materiais e serviços destinados a apoiar a visita, uso, conhecimento e conservação da flora de Sicó, tendo por área geográfica de intervenção os municípios que integram a associação - Alvaiázere, Ansião, Condeixa-a-Nova, Penela, Pombal e Soure.

 

ADESGARObservatório da Biodiversidade da Serra da Gardunha

O Projecto Observatório da Biodiversidade da Serra da Gardunha é uma iniciativa da ADESGAR - Associação de Defesa e Desenvolvimento da Serra da Gardunha.

 

Orgânica VerdeOrgânica Verde

Orgânica Verde é um projecto conjunto da LPN - Liga para a Protecção da Natureza e da Câmara Municipal de Castro Verde que tem como principal objectivo sensibilizar a população do Concelho de Castro Verde para a redução dos resíduos biodegradáveis em aterro, promovendo a recolha selectiva dos resíduos orgânicos e a compostagem. O Projecto não se limita a actuar em escolas e no centro de dia. São também realizadas actividades de promoção da compostagem doméstica nas moradias da Vila de Castro Verde e lançada uma campanha generalista de sensibilização da população do Concelho de Castro Verde para a importância da compostagem e da valorização dos resíduos orgânicos, destacando a relevância da participação activa dos cidadãos na melhoria da qualidade ambiental.

 

LACParque Ecológico da Quinta da Cerca

O Parque Ecológico da Quinta da Cerca é um Projecto da LAC - Liga dos Amigos de Conímbriga que tem por objectivo criar um parque na área ocupada pela Quinta da Cerca dedicado especialmente à conservação da natureza e à biodiversidade, promovendo o renascimento de actividades agro-silvo-pastoris e de turismo ambiental em contexto do mundo rural, sendo simultaneamente um centro de dinamização de actividades de educação ambiental. Para esse fim está prevista a promoção de um programa de valências múltiplas.

 

LisboaEnovaReabilitação Sustentável para Lisboa

O projecto Reabilitação Sustentável para Lisboa, numa parceria de cooperação entre a Lisboa E-Nova, a Câmara Municipal de Lisboa e vários parceiros estratégicos, tem por objectivo o alargamento da prática da reabilitação sustentável do meio edificado. Pretende promover a concretização de oportunidades de intervenção que existem no mercado, passíveis de melhorar o desempenho energético-ambiental de edifícios com necessidades de reabilitação, dando especial enfoque aos edifícios residenciais e a equipamentos a reabilitar pela Câmara Municipal de Lisboa. Este Projecto visa ainda a passagem à prática dos diplomas relacionados com o desempenho energético-ambiental dos edifícios e facilitar o processo de optimização do desempenho dos edifícios a reabilitar.

 

QUERCUSRecuperação Ecológica do Cabeço Santo

A Recuperação Ecológica do Cabeço Santo constituiu-se num Projecto do Núcleo Regional de Aveiro da QUERCUS que visa a realização de trabalhos de recuperação ecológica numa extensa área florestal em que se verifica a expansão de flora invasora. O seu objectivo é eliminar as exóticas e invasoras, implantar espécies nativas, recuperar o ecossistema do habitat lótico, criar percursos pedestres e um apiário.

 

ADPMRumus

O Projecto RUMUS, da Associação de Defesa do Património de Mértola - ADPMértola,  visa desenvolver junto dos agricultores do Vale do Guadiana um conjunto de acções relacionadas com as actividades agrosilvopastoris numa visão de sustentabilidade das pastagens biodiversas e manutenção do património genético aliado aos pequenos ruminantes. Pretende-se também promover a conservação da natureza e da biodiversidade numa perspectiva de sustentabilidade e viabilidade económica e social da área de intervenção.

 

Semear o FuturoSemear o Futuro

Semear o Futuro é um Projecto da SPEA – Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, que incentiva a aplicação de medidas que promovam uma melhor gestão territorial dos meios agrícolas. Neste sentido a SPEA desenvolve uma campanha que proporciona aos Proprietário Agrícola, de forma gratuita, informação sobre as aves que existem na sua propriedade e as propostas de gestão agrícola mais favoráveis à conservação dessas aves na sua propriedade.