Parcerias diversas

Políticas > Promoção e Cidadania Ambiental > Outras iniciativas > Parcerias diversas

A APA, através do Departamento de Comunicação e Cidadania Ambiental, colabora com diversas entidades da Administração Central, Regional e Local do Estado a fim de colaborar na dinamização de iniciativas e criar sinergias que revertam em favor de uma cidadania ativa e informada em temas relativos ao desenvolvimento sustentável.

 

Ministério da EducaçãoCom o Ministério da Educação

Além do Protocolo existente entre o Ministério da Educação e o Ministério do Ambiente que enquadra professores em regime de mobilidade a desenvolver atividades de educação ambiental em ONGA, existem diversas ocasiões em que a APA colabora no âmbito das suas competências com os organismos que tutelam a educação.

 

  • Montras do Ministério - A Secretaria-Geral do Ministério da Educação, procurando valorizar parcerias orientadas para a divulgação de atividades ou projectos nos domínios da educação e da cultura, disponibiliza as montras do seu edifício na Av. 5 de Outubro, em Lisboa, para promover e divulgar actividades desenvolvidas por diversas instituições e organismos nacionais. Neste sentido, desde 2010 que a APA aceita o convite para, durante um mês, expor oito posters dentro das temáticas desenvolvidas pela Agência.

 

  • Conferência Infanto-Juvenil "Vamos cuidar do Planeta" 2010 - O projecto “Vamos Cuidar de Portugal” constituiu a vertente nacional do “Vamos cuidar do Planeta” - Conferência Internacional Infanto Juvenil (CONFINT) -, iniciativa do Governo Federal do Brasil que reuniu participantes de cerca de 50 países, sendo aproximadamente 600 adolescentes de 12 a 15 anos, para discutir e propor soluções para as mudanças socioambientais globais. Entre os países participantes contou-se uma alargada representação dos países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). A  participação e representação portuguesa nesta conferência foi coordenada pelo Departamento de Inovação e Desenvolvimento Curricular com o apoio, em parceria, da Agência Portuguesa do Ambiente.
    Os principais objectivos da CONFINT foram os de possibilitar que crianças e jovens de todo o mundo  se apropriassem localmente de compromissos globais, assumindo responsabilidades para a construção de sociedades sustentáveis, e promover uma rede de cuidados com o planeta.

 

 

Zambujal MelhoraCom a Câmara Municipal da Amadora

A APA situa-se num bairro crítico da Amadora, o Bairro do Zambujal. Desde o final de 2008, e no âmbito da sua política de responsabilidade social e ambiental, a APA colabora com a Câmara Municipal da Amadora no contexto do Programa de Acção “Zambujal Melhora”, em curso no Bairro do Zambujal em articulação com o Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana e da Escola Intercultural das Profissões e do Desporto, integrado no Programa “Bairros críticos” e no PORLisboa.

Sendo a educação para o desenvolvimento sustentável um instrumento que visa, sobretudo, a tomada de consciência e a mudança de comportamentos e atitudes individuais em relação à sustentabilidade e ao ambiente, a APA pretende proporcionar uma oferta multidisciplinar de atividades dirigidas não só à comunidade escolar como à população do bairro em geral através de colaboração com a agenda dos “Espaço Oportunidades” do Programa de Acção “Zambujal Melhora”, dando-lhe uma utilização do tipo "Ecoteca".

Filme das ações da APA no Zambujal em 2011 e 2012.

 

 

Lisboa e-novaCom a Câmara Municipal de Lisboa

A APA e a Lisboa E-Nova - agência municipal de energia e ambiente -, através de uma parceria, criaram um Grupo de Projecto com o intuito de coordenar e promover no município de Lisboa a Exposição da Comissão Nacional da UNESCO e do Comité Português Planeta Terra “Era uma vez a Terra…”.

A Exposição esteve patente em oito locais da cidade de 6 de Outubro a 5 de Dezembro de 2010 e contou com a dinamização de grupos de trabalho, “Hora do Conto”, palestras, reedição do livro “Contos da D. Terra”; música, filmes, seminários e muitas outras atividades.

No âmbito das temáticas desta Exposição, decorreu o Concurso “Biodiversidade na minha Cidade”, dirigida aos alunos do 1º, 2º e 3º Ciclos Ensino Básico.

 

 

EPALCom a EPAL - Museu da Água

O Serviço Pedagógico Águas Livres existe desde 1997 pelo Museu da Água da EPAL. Este serviço tem como principal objetivo prestar apoio a professores e alunos, sensibilizando-os para o uso eficiente da água, para a preservação do ambiente e para a preservação do património monumental, cultural e histórico do Museu da Água.

Todos os anos o Serviço Pedagógico Águas Livres prepara um leque de iniciativas para alunos e professores, de acordo com um tema específico, tendo como objectivo que as escolas assumam um papel cada vez mais activo no uso eficiente da água, através da aquisição de conhecimentos, partilha e implementação de boas práticas.

Os trabalhos apresentados a concurso são apreciados por um júri constituído por várias entidades, nomeadamente pela APA, que desde as primeiras edições nele tem participado.

Sob a égide da Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável decretada pelas Nações Unidas, o Serviço Pedagógico Águas Livres elegeu, para 2011, o tema “Água para Todos” para a 14.ª Edição do Concurso Águas Livres.