Portal da Água - campanha de sensibilização para o valor da água

Portal da Água - campanha de sensibilização para o valor da água

“Água com um pingo de consciência” é o mote da nova campanha de sensibilização para uma utilização eficiente e racional de água de forma permanente, através da consciencialização para o valor da água em todas as suas dimensões e para a importância de abandonar hábitos de desperdício. A escassez de água é uma realidade inevitável, designadamente no contexto das alterações climáticas.

Em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a ERSAR, entidade reguladora do setor da água, esta campanha, cofinanciada pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente, no quadro da ENEA - Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020,  envolve a realização de ações para promoção da eficiência hídrica.

A ação surge na sequência do estudo nacional sobre as atitudes e comportamentos dos portugueses face à Água e que implicou a participação de mais de 1660 pessoas num inquérito online. O estudo identificou que os portugueses revelam dissonâncias entre as atitudes e os comportamentos face a este recurso, nomeadamente porque, embora reconheçam a sua importância, o valorizam menos que a eletricidade e reconhecem que praticam desperdício. Permitiu, ainda, identificar que os portugueses consideram as campanhas de sensibilização como uma das ações mais indutoras de comportamentos de poupança e valorização da água.

Obtenha aqui os materiais de comunicação desta campanha.

Saiba mais no portal da Água.


-- A Água em números --

Segundo as Nações Unidas, um ser humano precisa de 110 litros de água por dia para satisfazer as suas necessidades básicas. Em Portugal, cada pessoa gasta 187 litros diários.

Há pequenos gestos do dia a dia que podem fazer toda a diferença: 

- Um duche de 15 minutos, com a torneira aberta, consome cerca de 180 litros.

Se fechar a torneira enquanto se ensaboa e diminuir o tempo do duche para 5 minutos reduzirá o consumo para 60 litros. Um chuveiro com sistema redutor de caudal pode economizar até 80% de água.

 

- Lavar as mãos ou os dentes com a torneira aberta, pode gastar cerca de 14 litros de água.

Se usar um copo pode diminuir para apenas 1 litro.

 

- Manter a torneira aberta enquanto se faz a barba, pode gastar até 40 litros de água.

Se se colocar água no lavatório pode diminuir o gasto para 2 litros.

 

- Lavar o carro com mangueira pode gastar cerca de 500 litros de água. 

Se lavar com balde e esponja pode reduzir o gasto para 50 litros.

 

- Em cada descarga de autoclismo gasta-se entre 7 a 15 litros de água. 

Se optar por um autoclismo de dupla descarga ou de interrupção de descarga ou a colocação de um volume sólido, por exemplo uma garrafa de 1,5 litros, dentro do depósito da água, pode diminuir o consumo de água até 50% por descarga.

 

- Uma torneira a pingar de 5 em 5 segundos, durante 24 horas, pode gastar 30 litros de água por dia, o que corresponde a mais de 10.000 litros de água por ano.

Se não tiver fugas, reduz para 0 litros.

 

- A opção por máquinas de lavar roupa e de lavar loiça, com a carga completa e utilizando os programas económicos, que têm um menor consumo de água e energia associado, permitem reduções significativas no consumo de água utilizados nestas atividades: a lavagem da roupa à máquina pode traduzir-se numa redução de 90% no consumo de água e a utilização de uma máquina de lavar loiça eficiente pode resultar na redução aproximada de 92% em cada ciclo de lavagem em relação a lavar a loiça de torneira aberta.