Avaliação Ambiental Estratégica

Instrumentos > Avaliação Ambiental Estratégica

 

A Avaliação Ambiental Estratégica (AAE) é um instrumento de apoio à tomada de decisão que visa a promoção do Desenvolvimento Sustentável.

De acordo com a legislação nacional e comunitária trata-se de contribuir para a integração das considerações ambientais na preparação e aprovação de Planos e Programas, com envolvimento de público e autoridades ambientais.

A Avaliação Ambiental requer basicamente:

•      A preparação de um Relatório Ambiental (RA) (efeitos significativos sobre o ambiente e alternativas identificadas)

•      A realização de consultas (autoridades ambientais, público e eventualmente outros Estados Membros

•      Que o RA e os resultados das consultas sejam tidos em consideração antes da aprovação do plano ou programa

•      Que depois da aprovação do plano ou programa a informação relevante seja disponibilizada aos interessados

•      Que os eventuais efeitos significativos da execução do plano ou programa sejam controlados e corrigidos.

A Comissão Europeia considera que a Directiva AAE está a contribuir de modo estruturado e sistemático para a integração das considerações ambientais no planeamento. O primeiro relatório sobre a Eficácia da Aplicação da Directiva 2001/42 foi publicado em 2009 e refere um conjunto de benefícios, identificados pelos Estados-Membros:

•      A integração das considerações ambientais na tomada de decisão torna os planos e programas mais “verdes”

•      A melhor cooperação entre diferentes autoridades (planeamento, ambiente e saúde)

•      O aumento de transparência na tomada de decisão, devido ao envolvimento da sociedade, a vários níveis

•      A contribuição da AAE para melhorar a conformidade de políticas ambientais específicas (para planos e programas que se aplicam directamente a sectores ambientais)

Em 2013, a Comissão Europeia publicou o Guia "Guidance on Integrating Climate Change and Biodiversity into Strategic Environmental Assessment" que pretende contribuir para uma melhor integração das considerações relativas às alterações climáticas e à biodiversidade na fase inicial de desenvolvimento de um plano ou programa.

Documentos:

 Relatório da CE sobre a eficácia da apilicação da Directiva

 Guidance on Integrating Climate Change and Biodiversity into Strategic Environmental Assessment