Passar para o conteúdo principal

Adaptação

A adaptação é uma ação de resposta às alterações climáticas que consiste em reduzir a vulnerabilidade aos efeitos negativos das alterações climáticas. Este objetivo é atingido através de estratégias de adaptação a nível nacional, regional e local, em que se identificam vulnerabilidades e definem medidas que reforcem a resiliência do país.

A adaptação às alterações climáticas consiste em reduzir a vulnerabilidade da sociedade e do território aos efeitos negativos das mudanças previsíveis do clima, nomeadamente a maior frequência e intensidade de eventos meteorológicos extremos como sejam secas, ondas de calor, inundações, cheias, e furacões. Adaptar às alterações climáticas é também antecipar, planear, identificar e potenciar oportunidades que possam surgir dessas mudanças.

Faz parte da natureza do ser humano adaptar-se ao clima do local onde vivemos  mas as alterações climáticas criam desafios maiores e mais urgentes, sendo essencial uma adaptação planeada e estruturada, com base numa análise séria das vulnerabilidades, de forma a evitar ou minimizar perdas materiais, naturais e humanas, com consequências económicas com dimensão não negligenciável.

Portugal, devido às suas características geográficas, encontra-se entre os países europeus com maior vulnerabilidade às alterações climáticas.

As estratégias de adaptação às alterações climáticas - a nível nacional e a nível local - são os instrumentos de resposta a este desafio, e têm como objetivo melhorar o conhecimento sobre os efeitos das alterações climáticas, identificar vulnerabilidades e definir medidas que reforcem a resiliência do país a estas alterações.

O Programa de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas (P-3AC) tem o objetivo de implementar medidas de adaptação, com linhas de ação concretas de intervenção direta no território e nas infraestruturas.

A APA tem a função de desenvolver as políticas nacionais de adaptação às alterações climáticas, promovendo o seu acompanhamento, monitorização e avaliação, bem como a articulação com os diversos sectores e apoiando o desenvolvimento de programas, iniciativas e medidas de adaptação às alterações climáticas em Portugal. Em contexto europeu, a APA apoia o desenvolvimento de políticas europeias de adaptação e monitoriza a sua implementação em termos nacionais.

Adicionalmente, a APA tem responsabilidades específicas no quadro da adaptação, enquanto Autoridade Nacional da Água, de assegurar a sua gestão sustentável e, em matéria de gestão das zonas costeiras, de assegurar a sua proteção e valorização. No caso da qualidade do ar, as propostas de atuação ao nível da adaptação são também competência da APA.

 

Adaptar a um Clima em Mutação

Este site pretende contribuir para o alertar de consciências para a necessidade colectiva de adaptação a um clima que se encontra em mutação.

 Em particular, tem os seguintes objectivos:

  • Servir de apoio à implementação da Estratégia Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas - ENAAC.
  • Disponibilizar informaçao relevante para compreender a temática da adaptação às alterações climáticas e o clima em Portugal.
  • Fornecer orientações dirigidas a todas as entidades públicas e privadas que queiram iniciar os seus processos de reflexão e decisão sobre as medidas de adaptação necessárias no seu âmbito de actuação.
  • Disponibilizar referências a fontes de informação com interesse nas várias dimensões de abordagem a esta problemática.